PRETARTE 2018

PRETARTE

Todo homem nasce livre, para que em liberdade cresça e livremente possa traçar seus projetos, sonhar seus próprios sonhos, trilhar livremente seus caminhos e livre voltar ao seio do universo quando ao criador prover encerrar sua humana existência.

Lamentavelmente alguns dentre nós, se pervertem fazendo uso inadequado de suas capacidades cognitiva, física, política e social sobrepujando limites éticos e morais, simplesmente em busca de poder e riqueza.

A história da humanidade é maculada por incontáveis holocaustos que se renovam continuamente, variando os requintes de crueldade, a geografia e em diferentes pontos da linha do tempo tornando-se assim nossos contemporâneos.

Lamentavelmente o primeiro quarto do século XXI, assim como em todo século passado, questões políticas, étnicas, de gênero e religiosas, tem sido motivo de dor, lágrimas e lutas para muitas comunidades ao redor do planeta.  Como consequência, inúmeros movimentos surgem diuturnamente, como forma de combate a tanta desigualdades e injustiças.

Destacamos aqui a luta de irmãos pretos e pretas, que viram a mãe África invadida por forasteiros que violentamente, destruíram suas estruturas sociais, capturaram seu povo, e promoveram uma insana batalha na tentativa de fazê-los escravos em terras “tupiniquins”.

Desde então nasceu um processo de luta pela liberdade, respeito e dignidade. Quase 400 anos de servidão forçada, 130 anos de pseudo abolição e muito suor sangue e lágrimas banhando o solo da “amada pátria mãe gentil”. Apesar de tudo a luta do povo preto nunca cessou, nem cessará. Enquanto houver morte indiscriminada e violenta de jovens pretos nas periferias, perseguição aos cultos religiosos, assédio sexual às mulheres pretas e preconceito às manifestações culturais e artísticas, a resistência e a luta marcarão presença.

Inúmeros movimentos de resistência, ocupação e empoderamento estão se proliferando mundo à fora, tornando a luta mais forte a cada dia.  A arte através das suas mais variadas formas de manifestação é seguramente uma importante ferramenta de disseminação da luta pela causa do povo preto. Em especial a música, o teatro e a dança.

Uma legião de artistas que apesar de brilhantes, ficam na penumbra da grande mídia e dos grandes palcos, mas que nem por isso deixam de fazer ecoar forte e alto o grito de um povo que continuará lutando até que a liberdade e igualdade sejam verdadeiramente plenas.

PRETARTE nasce com a singela proposta de fazer o registro imagético de artistas pretas e pretos contemporâneos que se valendo das cores, movimentos e sons de seus trabalhos, estão escrevendo mais uma página da história de um povo que nasceu livre em terras africanas e cujos filhos hão de morrer livres para onde quer que tenham ido ou sido levados.

A chama da nossa luta jamais irá se apagar, por esta razão convido você meu irmão de cor a colaborar com seu ponto de luz que muito fortalecerá a caminhada daqueles que estão por vir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: conteúdo protegido!