PEGA O LENÇO E VAI

UMA MENINA ENTRE CANDIDO E CAROLINA

Mais um ano tive o prazer de acompanhar o cortejo do Bloco PEGA O LENÇO E VAI.

O bloco que tradicionalmente desfila no pré-carnaval no município de Mauá na grande São Paulo, homenageando uma personalidade negra, que teve sua trajetória pautada na defesa e valorização do povo negro.

O nome do bloco foi inspirado no Marinheiro João Candido, um dos homenageados.

Para que não pairem dúvidas sobre o nome do bloco e o lenço que o simboliza, os organizadores explicam que houve tempos em que os marinheiros quando se encontravam em atividades que os mantinham com as mãos ocupadas, usavam um lenço amarrado na testa para evitar que o suor escorresse para os olhos e dificultasse sua visão, por isso traziam o lenço preso ao pescoço, de maneira que facilmente pudesse ser levado à testa quando necessário.

Após os esclarecimentos os organizadores distribuem um lenço aos presentes, mostrando como deve ser amarrado e assim todos acompanham o bloco com um lenço ao redor do pescoço.

Este ano o ritual de explicações e amarração do lenço com todo seu simbolismo ficou aos cuidados da pequena Olivia, que com desenvoltura e segurança deu conta do recado não deixando nada a desejar.

Na sequencia o bloco de início ao desfile homenageando a escritora Maria Carolina de Jesus, encantando os presentes com um samba impecável. A baixo segue a letra do samba em homenagem a Maria Carolina de Jesus.

Vim de lá

Do interior

Das Minas Gerais

Na busca de

Uma melhor condição

 

Cheguei em São Paulo, Cheguei

E tive o encontro

Com a Miséria

Amarguras e tristezas

De uma vida na Favela

 

Com o meu caderno pra remediar

Na caneta o refugio

Do quarto de despejo

A casa de Alvenaria

Com crônicas e poesia

Me eternizei

No meu sonho de escrever

E assim, me apresento:

SOU, CAROLINA!

 

                                                                                                                  Osmar Moura

 março de 2019

.

 

1 comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: conteúdo protegido!