ENCONTRO - Canto Negro

ENCONTRO

ENCONTRO

…delicadamente a caneta desliza sobre o branco papel, tingindo sua candura com letras azuis da cor de céu. Harmoniosamente as palavras vão surgindo, uma após outra, formando frases, ganhando vida, contando histórias, trazendo esperanças, afagando corações, despertando paixões…

Almas sensíveis de poetas e poetisas fazem do papel o berço onde a caneta une palavras com extrema maestria, gerando versos de rica beleza e repletos de encantos e emoções. A poesia se fez arte.

Vez por outra, poesia e melodia se encontram potencializando emoções, que são capazes de inundar nossas almas; em especial quando interpretadas por pessoas como Lua Cristina, cuja voz nasce no coração, atravessa o peito e alcança o espaço, onde se faz ouvir com o doce encanto peculiar das vozes femininas.

Lua Cristina cantando Terreiro de Compositores, um Grande Encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: conteúdo protegido!